Matemática divertida Matemática aprendida!

A matemática que existe em sala de pré-escolar deve servir de  base para todo o seu percurso escolar e de vida. As propostas para transmitir noções matemáticas devem encorajar a criança a explorar, interagir com o outro no meio envolvente, só desta forma a criança irá desenvolver e dominar a matemática.
A curiosidade natural da criança leva-a a explorar as propriedades dos objetos, assim, conhece a geometria, a forma e a cor,as medidas e os pesos, números e as quantidades...
O que mais importa desenvolver é o pensamento lógico-matemático da criança e esse desenvolve-se a par da autonomia, isto implica orientar a nossa prática pedagógica centrando-a na criança, afinal a matemática está na vida e não nas fichas que lhes damos...
A criança aprende a matemática enquanto brinca, na explicação das regras dos jogos, na sequência das histórias, nas rotinas e registos diários, nas aulas de expressão motora, plástica e musical, nas atividades de culinária ou nas experiências cientificas e nas explorações livres do recreio...
Pensa-se muitas vezes que a matemática no pré-escolar é apenas a aprendizagem dos números, mas a matemática é uma área muito vasta, que transversalmente passa pela classificação, formação de conjuntos, seriação e ordenação, formação de sequências e padrões, tempo, espaço, medição, pesagem e resolução de problemas, como podemos ver a matemática têm vários âmbitos que podemos e devemos explorar com a criança. Esta está sempre ávida por dominar mais e melhor o seu raciocínio sobre o mundo que a rodeia, para isso tem de conseguir organizá-lo internamente, a matemática pode e irá ajudá-la, para isso, a acção do educador deve estar centrado no interesse da criança, no seu ritmo, deve ser uma prática que guia, acompanha e descobre a matemática nas coisas em vez de arranjar coisas para ensinar a matemática...

A matemática na linguagem
Podemos e devemos usar a matemática brincando com a poesia, explorando o número e as quantidades rimando...

Lenga - Lenga dos números

Bati à porta número 1
Vi uma menina a dançar com um peru.
Bati à porta número 2
Vi uma menina a dançar com os bois.
Bati à porta número 3
Vi uma menina a dançar com um chinês.
Bati à porta número 4
Vi uma menina a dançar com um pato.
Bati à porta número 5
Vi uma menina a dançar com um pinto.
Bati à porta número 6
Vi uma menina a dançar com os reis.
Bati à porta número 7
Vi uma menina a dançar com de babete.
Bati à porta número 8
Vi uma menina a dançar com um biscoito
Bati à porta número 9
Vi uma menina a dançar com um bigode
Bati à porta número 10
Vi uma menina a dançar com os pés.

(Autor desconhecido)


As canções são outra forma de trabalhar a matemática, explorando a linguagem e as formas geométricas é outra sugestão


A matemática nos jogos
Jogar um jogo é usar matemática, é conhecer e respeitar regras sequências, fazer repetições, padrões...


Matemática na culinária
 Quando preparamos uma receita estamos a elaborar contagens, fazemos medições e pesagens, conhecemos a propriedades dos objetos e alimentos, dividimos e juntamos de novo, criamos formas geométricas como se de passos de magia se tratasse...assim se faz matemática a brincar



A matemática nas histórias de encantar...
Quando nos deixamos ir pela magia das palavras e das histórias que elas contam podemos refletir de forma matemática, fazer associações, adições...




A matemática na natureza

Brincar no espaço exterior, explorar jogos, trabalhar em equipa, explorar a natureza e brincar com elementos naturais faz a criança encontrar matemática em todas as coisas, assim separa elementos grandes dos pequenos, muitos de poucos, por cores e formas diferenciadas e a sua imaginação não tem limites...

A matemática nas rotinas
Todos os dias as crianças aprendem a organizar o seu pensamento, aprendem rotinas e sabem a sequência das suas atividades... usam formas diferentes de registar as rotinas e as suas atividades diárias, aprendem tempos , sequências, númerações e quantidades....
http://jfuseta.blogspot.pt/2011_11_01_archive.html













A matemática nas atividades de expressão plástica
Explorando os materiais estão a seriar, a formar conjuntos a diferenciar formas e texturas... criam  novas formas, usam o espaço da folha, dividem-na...usando os pincéis e re-utilizam diversos materiais...




A matemática na expressão motora e musical

Quando exploram o seu corpo e a forma como interagem com os objetos e com o os pares, estão a usar a matemática,  entram nos arcos, passam o túnel... fazem corridas, saltam dentro e para fora....
Quando brinca com instrumentos ouve sons altos e baixos, usam forças em diferentes medidas, faz contagens , sequências, ritmos...



A matemática é mais que simples fichas, que obrigam a criança a estar sentada a pensar...registando de igual forma os seus conhecimentos, sem se poder diferenciar do outro... nas fichas a criança recebe orientações claras das potencialidades matemáticas a usar, os materiais que deve usar e a sua criatividade fica castrada...
As fichas podem ser usadas mas de forma lúdica, livre, funcionando como forma de registar uma aprendizagem e não como forma de aprendizagem... 







Matemática divertida Matemática aprendida! Matemática divertida Matemática aprendida! Reviewed by Milena Branco on quinta-feira, março 13, 2014 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.