Portfólio no caminho alternativo da avaliação - A planificação-

Hoje apresento-vos o próximo passo na elaboração do nosso portfólio de aprendizagem a planificação. O momento em que planeamos todos os passos a dar e construirmos a nossa linha do tempo, com a qual assinamos o compromisso pessoal e profissional que nos irá fornecer as linhas orientadoras desta nova aventura.

Tendo como objetivo principal a criação de «uma coleção de itens que revele, conforme o tempo passa, os diferentes aspetos de crescimento e do desenvolvimento de cada criança» (Shores e Grece, 2001, citados por Parente,2004) foi pensada a criação de um portfólio de aprendizagem para colocar em prática no próximo ano letivo na minha sala de jardim de infância (com um grupo de crianças de 4 e 5 anos).

Assumindo o portfólio como elemento crucial no processo de avaliação e do conhecimento holístico da criança e da sua aprendizagem seguem-se descritos os seguintes pontos referentes à planificação do portfólio para o ano letivo 2015/2016.

  • Definir os parceiros na execução do portfólio
Todos os envolvidos no processo, a educadora de sala, a criança (numa forma individual e coletiva), as famílias, as colegas das atividades extra-curriculares  (se houver troca de atividades e de experiências enriquecedoras para a criança e/ou grupo) e outros que possam ter um papel importante para a criança.

  • Definir a linha do tempo
Estabelecemos uma linha do tempo que defina os momentos em que serão recolhidos dados e informações relativas às metas educacionais identificadas e considerados pertinentes e relevantes para documentar os diversos objetivos educacionais e para gerir melhor o tempo que utilizamos para cada tarefa.

Podemos criar uma tabela a fim de tomar nota de cada tarefa, do objetivo pretendido referente a ela e a calendarização.

O que fazer
Para quê?
Quando?
Recolher amostras de trabalhos da criança :
diversos registos escritos, os sinais e símbolos que as crianças criam, lista de livros lidos; pinturas, desenhos, colagens e trabalhos realizados com recurso a tesouras; as histórias, gravações áudio de histórias lidas e contadas; as experiências que as crianças realizam; fotografias –
Para recolher manifestações das aprendizagens das crianças.

Para preservar e, posteriormente, apresentar informações sobre o que as crianças estão a aprender de experiências e de projectos, de trabalhos em três dimensões, – etc
 1xmês
Desenho para a criança representar a sua evolução
Convidar a criança a desenhar-se em diversos momentos do ano letivo.
Depois de observar os desenhos a criança discute semelhanças, diferenças e identifica as mudanças que ocorreram nas imagens desenhadas.
 Setembro
Abril
Julho
Reuniões com a Criança
-Para envolver as crianças na construção/organização e reflexão do seu portefólio de aprendizagem


Falar com as crianças sobre o portefólio explicar-lhe o que é, porque se realiza, como pode participar e dar tempo à criança para que possa pôr questões. Pode usar a analogia «registar o teu crescimento»

Dar à criança a oportunidade de dizer o que não deseja incluir no seu portfólio preservando a esfera intima da criança.

Encorajar a criança a escolher amostras e trabalhos e procurar encontrar formas de manter essas evidências   organizadas criando separadores que respondam ás intenções da criança e do educador.

 1x/mês e sempre que for oportuno
Observações e registos

-Registo escrito feito pela educadora com a criança sobre: as preferências da criança na sala,   as   características da criança, as atividade que realizou ect..

 -Registo de apreciação da educadora sobre o modo como a criança realizou o trabalho

Registo de ocorrências significativas

-Registo formal de avaliação da criança,designado por reflexão da educadora


Registar as evidências de aprendizagem e crescimento da criança, tendo como base as suas experiências e preferências



Estas observações devem ser não invasivas ás produções da criança, num sistema de post it ou grelha própria criada para esse efeito.





Momento reservada para a reflexão da educadora sobre os comentários da criança face a determinada evidência.


1xmês




sempre que for oportuno




Sempre que a criança reflete sobre uma evidência
Entrevista à Criança
(Fazer posteriormente análise do seu conteúdo)
Colocar algumas questões de modo informal, nomeadamente, pedindo à criança para falar sobre o que está a construir ou colocando questões específicas sobre o que a criança está a realizar ou realizou.

 ocasional
Conversar com a criança sobre o que ela está a fazer quando realiza qualquer atividade.
.Registar as dificuldades e/ou capacidades, áreas fortes,/constrangimentos ou outros observações relevantes.
 ocasional
Tirar fotografias em atividades significativas observadas (envolvimento; conquistas; dificuldades; etc.)
 Facultar as imagens à criança para que ela as possa também incluir nas suas amostras.
Ou pode o educador reservar essas imagens para fortalecer s suas observações e reflexões.
 ocasional
Conferências com os Pais
Para análise do portefólio e para a avaliação das atividades realizadas pela criança
Para trocas de informações, partilha de pontos de vista e discussão que ajudam a conhecer melhor cada criança

 3 momento de avaliação
ou sempre que for necessário
Convidar os pais a mandar fotografias de atividades realizadas em família ou outras observações que considerem relevantes

Registos de acontecimentos interessantes e/ou engraçados
Para envolver as famílias no processo educativo e de crescimento da criança



Registar a reacção da família face ás produções/tarefas e projetos de sala expostos nos painéis expositivos da sala.
 ocasional
- Questionário dirigido aos pais no início do ano 
com o objetivo de obter informações que os pais considerem relevantes sobre os seus filhos 
 Setembro
Envio do portfólio para a família 
Para a partilha das evidências recolhidas, apresentação de resultados, ect.. 
 3 momentos de avaliação
Decoração do portfólio
.Escolha a decoração da capa do portfólio, elaboração de separadores, ect....ao longo do ano

Nota: Esta grelha é meramente um exemplo

No próximo post irei partilhar convosco a definição dos conteúdos do portfólio de aprendizagem e a sua estrutura organizacional.

Milena Branco

Conheçam também a nossa agenda Sítio da Educação para o novo ano letivo 2015/2016
http://sitiodaeducacao.blogspot.pt/p/agenda-sitio-da-educacao-2015-2016.html
Portfólio no caminho alternativo da avaliação - A planificação- Portfólio no caminho alternativo da avaliação - A planificação- Reviewed by Milena Branco on terça-feira, julho 14, 2015 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.