De volta à horta!

O nosso grupo iniciou o projeto da horta à já 3 anos mas nunca se esquece de voltar a ele! E porque a base da nossa ação educativa assenta na« curiosidade natural da criança e no seu desejo de saber e compreender porquê. Esta curiosidade é fomentada e alargada, através de oportunidades para aprofundar, relacionar e comunicar o que já conhece, bem como pelo contato com as novas situações que suscitam a sua curiosidade e o interesse por explorar, questionar, descobrir e compreender. A criança deve ser encorajada a construir as suas teorias e conhecimentos acerca do mundo que a rodeias» OCEPE, 2016.
Assim numa das nossas reuniões da manhã surgiu a necessidade de pedir ajuda ás famílias para voltar a dar vida á nossa horta!
Com os donativos que nos chegaram fomos à loja de ferragens e trouxemos os legumes para plantar e sementes para semear, assim no dia seguinte, colocámos mãos à obra, ou melhor mãos à horta!
O dia não estava convidativo, mas isso não nos impede de, vestidos a rigor, estejamos preparados para cumprir o nosso plano do dia!
Vestimos o casaco e lá fomos nós!
Como dizem os austríacos, não existem mau tempo, existe mau equipamento e nós temos o equipamento correto!!


Depois do outono ter começado ainda não tínhamos limpo o terreno, tínhamos à nossa espera todo um tapete de folhas coloridas para retirar....



Usamos utensílios de jardinagem verdadeiros, para que possamos conhecer a sua função e aprender a lidar com algumas regras de segurança essenciais na sua utilização. Os adultos da nossa sala estão sempre por perto a observar a forma como os manuseamos e se necessário corrigem alguma postura incorrecta ou menos segura.

Tentamos assim trabalhar a autonomia e segurança, ajudando as crianças a saber cuidar de si e responsabilizar-se pela sua segurança e bem-estar.a ir adquirindo a capacidade de fazer escolhas, tomar decisões e assumir responsabilidades, tendo em conta o seu bem-estar e o dos outros.

Quem adorou a cama de folhas foi o nosso amigo Tomás, adorou o seu toque molhado pela chuva dessa noite, as suas cores alaranjadas e a quantidade que puxava a vontade de as fazer lançar ao ar!!!
 Entanto uns trabalhavam o Tomás desfrutava da horta à sua maneira!!!

“Quando a imaginação da criança encontra a natureza, ela se potencializa e se torna imaginação criadora. A natureza tem a força necessária para despertar um campo simbólico criador na criança” tal como defende o artista plástico Gandhy Piorski, que pesquisa as práticas da criança há mais de 20 anos. Uma das linhas de estudo de Gandhy é a relação entre criança e natureza, que aborda, entre vários raciocínios, os denominados “brinquedos da natureza”.
Nós gostamos de proporcionar, ao Tomás e aos outros meninos esse brincar livre e natural, com o que a natureza nos dá, os resultados são sempre muito positivos!
Assim podemos levar a criança a desenvolver a capacidade de compreender e identificar diferenças e semelhanças entre diversos materiais (metais, plásticos, papéis, madeira, etc.), relacionando as suas propriedades com os objetos feitos a partir deles, e a , descrever e procurar explicações para fenómenos e transformações que observa no meio físico e natural.

A atividade da Horta vai além do semear e plantar!!








 Cedo aprendemos a diferenciar o semear do plantar, reconhecemos que cada uma destas ações demora tempos diferentes e construímos explicações para essa demora....- Recolhemos informação pertinente para dar resposta às questões colocadas, recorrendo a metodologias adequadas (listagens, desenhos, fotografias, ect.) Utilizamos  gráficos e tabelas simples para organizar a informação recolhida e interpretá-los de modo a dar resposta às questões colocadas.
              


Na horta observamos de perto as especificidades das sementes e sabemos já identificar algumas só pela sua forma e cor, recorrendo ás aprendizagens realizadas no ano passado!
 Terminámos assim os primeiros trabalhos na horta e assumimos o compromisso de voltar todas as 4ªas feiras para cuidar do espaço e dos nossos legumes!

De volta à sala fizemos uma pesquisa sobre os diferentes tipos de horta, pois nesta fase ninguém sabe como será a nossa horta depois de terminadas as tarefas de semear e plantar...
recolhemos algumas imagens  que iremos usar mais tarde... assim podemos projectar as nossas expectativas!



De volta à horta! De volta à horta! Reviewed by Milena Branco on sexta-feira, novembro 25, 2016 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.