Brincar, observar, criar com a Natureza

 Hoje a Cesta das descobertas trouxe uma história divertida, um Zé que adora animais, uma mãe que não quer bichos em casa...bichos feitos de coisas giras, não são reais, nem são desenhos, são coisas que nós conhecemos...pedras, conchas, folhas e nozes... 

 
 
Depois de cantar e dançar com as palavras e as imagens resolvemos abrir a cesta e de lá saltaram coisas da natureza...coisas do recreio, da rua, da praia de todo o lado!!!

Houve quem reconhecesse as folhas e as tentasse soprar, como o vento...houve quem das pedras fizesse ritmos e melodias...






Houve quem tivesse medo do ouriço das castanhas e quem lhe fizesse uma caminha...
 Depressa a sala se encheu de outono, as folhas, as castanhas as nozes tudo se tocou, se cheirou, e provou...




 Observámos as guardas do livro e nelas existe o mesmo outono que temos espalhado pelo chão da sala...um livro onde cabem elefantes, ratos e um Outono!? 
 
Todos os animais do livro são feitos de folhas e pedras...nós fizemos o nosso Zé dos Bichos também!

Depois todos fomos convidados a fazer a nossa produção, no chão,  havia folhas e cola e cada um pode criar sem limites...o que mais importa são os caminhos e não os produtos finais, esses todos bonitos, certinhos, todos iguais... não espelham a nossa exploração, cada um sentiu e escolhem um ou mais elementos para colar. Colámos até coisas que a cola não queria agarrar... o Adulto que está presente pode amplificar e apoiar a resolução desses problemas, mostrando outros materiais que permitam colar ouriços, castanhas, nozes, avelãs nas folhas de papel...


  • É preciso sentir a natureza, fazer dela presença física, é preciso tocar-lhe, descobrir nela os cheiros e sons, é preciso vivê-a com o corpo todo para a conhecer...
  • É preciso encontrá-la lá fora e de a trazer para dentro, é preciso guarda-la e voltar a ela quando reencontrarmos esses elementos uma e outra vez...nos livros, nas descobertas dos amigos...na cesta das descobertas...
  • É preciso atenção, concentração, curiosidade e criatividade para a explorar, é preciso misturar, partir, colar, sentir, cheirar...é preciso confiar nas suas capacidades para avançar...
  • É preciso permitir-se PENSAR... resolver problemas, observar o outro, aprender imitando-o e tentar uma e outra vez até conseguir...
  • É preciso aprender a vida vivendo a vida!
No final da nossa atividade entra pela porta a educadora Tânia Duarte, trás na mão um novelo de picos...

Conhecemos outro ouriço, este não guarda castanhas...é um animal!!!Quem dera ao Zé dos Bichos ter um ouriço assim tão lindo!!

Amanhã vamos aprender uma canção nova sobre o Ouriço pica pica!!

Que maravilha é ser criança!






Brincar, observar, criar com a Natureza Brincar, observar, criar com a Natureza Reviewed by Milena Branco on quinta-feira, novembro 02, 2017 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.