A génese de um projeto em linguagem de educador e da criança

Tenho tido a sorte de trabalhar em locais onde me é dada a liberdade pedagógica necessária, para ajudar os meus grupos a crescer/brincar e aprender!
Gosto muito de os observar e sobretudo de os ouvir com muita atenção, descodificando as suas inquietudes e assim vão nascendo projetos muito interessantes como o que hoje vou partilhar convosco!
Definição de projeto- A palavra deriva do latim « projicere», que significa lançar em frente.
«A Metodologia de trabalho de projeto define-se com um processo de descoberta a partir de uma questão ou situação problemática. Para a sua resolução recorre-se a todas as áreas de conteúdo e a diferentes domínios permitindo uma abordagem globalizante e interdisciplinar.» in, « A abordagem de projeto como metodologia construtora de competência sociais e relacionais», de Santos, Henrique, 2010

A génese do projeto - parte um -  ( em linguagem de educador)
«No final do ano letivo 2010/2011, o grupo de crianças que fazia parte da sala XX a cargo da educadora Milena, realizou uma série de atividades ligadas ao recém-criado espaço da horta no recreio do  jardim-de-infância. Todas as crianças executaram essas atividades cheias de entusiasmo e lamentaram o final do ano letivo e o consequente abandono da sua horta. Logo que regressaram e retomaram as atividades do novo ano letivo, o grupo teve a preocupação de saber como estava aquele seu espaço e quais as alterações que havia sofrido por força do sol quente de verão e pela ausência da rega habitual…Houve reuniões de tapete e o tema era quase sempre abordado diariamente.Abriu-se a janela necessária para retomar este projeto alargando-o a todo o ano letivo, subindo o patamar de atividades possíveis de realizar e das aprendizagens que dai poderiam ser retiradas, tudo isto, com base nas variadas propostas que o grupo trazia às suas reuniões diárias.» in, Projeto curricular de sala 2011/12 ed. Milena Branco


Agora a justificação do projeto (em linguagem da criança)

  • « A horta antes era verde e tinha lá coisas, depois o sol do verão assou tudo e ficou amarelo... Acho que era boa ideia irmos regar a ver se o verde volta!» Diogo G. 5 anos
«A metodologia de trabalho de projeto constitui uma estratégia de envolvimento das crianças ( nomeadamente das mais novas interagindo com as mais velhas), e coloca o educador e as crianças como parceiros. Com esta metodologia é evidente a promoção da  comunicação, da interacção, da cooperação, da partilha e da entreajuda no seio do grupo.»  in, « A abordagem de projeto como metodologia construtora de competência sociais e relacionais», de Santos, Henrique, 2010

Objetivo geral do projeto ( em linguagem de educador)
  • O presente projecto tem como objectivo primordial o desenvolvimento da criança em todas as áreas de conteúdo próprias da educação pré-escolar e de todos os seus domínios. Assim podemos dividir esses objectivos da seguinte forma:
  • Promover o desenvolvimento de competências sociais e de relacionamento com os outros.
  • Promover de forma lúdica o desenvolvimento da motricidade global da criança.
  •         Fazer do jogo simbólico e das atividades a ele associadas um meio facilitador da descoberta do «eu» e do « outro».
  • Promover o sentido estético na criança, bem como o respeito pelo trabalho/criação do outro
  • Promover e desenvolver os sentidos como um todo aliando o ouvir/cantar/tocar/criar e a dança. 
  • Facilitar o emergir natural da linguagem escrita.
  • Desenvolver o pensamento lógico matemático internacionalizando-o através de momentos de consolidação e sistematização das noções matemáticas.
  • Aliar as T.I.C. a outras formas de produção/expressão/pesquisa de uma forma lúdica e espontânea.


Objetivos do projeto em reunião de tapete: 
  •  Milena: « Uma horta dá muito trabalho»
  • Viktória Z. 4 anos: « Sim é como cuidar dos peixes, temos de estar sempre a mudar a água e dar comida, não nos podemos esquecer nunca, porque eles são vivos e podem morrer... temos de cuidar da horta e regar e tirar as ervas.O meu pai anda sempre a tirar as ervas e depois temos de comer as alfaces ao almoço!»
  • Daniel C. 3 anos: « Na horta usamos sementes da loja dos animais» ( loja de produtos agricultas local que também vende pequenos animais)
  • Joao M 5 anos:« Depois podemos fazer uma coisa à volta com paus e pintar» ( uma cerca)
  • Miguel V. 5 anos: « Eu não gosto de verdes»
  • Viktória 5 anos: « Mas fazem bem à tua barriga, a minha mãe disse.»
  • Milena: « Então vamos definir objetivos: »
  1. Cuidar da horta
  2. Dividir tarefas ( para ninguém se esquecer de cuidar da horta)
  3. Conhecer os alimentos saudáveis
  4. Saber onde se compram as sementes
  5. Como  se plantam as sementes
  6. Saber se os «verdes» fazem bem à barriga


A génese do projeto - parte dois -  ( em linguagem de educador)
«Cultivar uma horta é uma experiência educativa para as crianças, quando cativamos as crianças para criar uma horta, damos-lhes a oportunidade de aprender a gostar de alternativas aos snacks de pacote, a gostar de vegetais , legumes e frutas.
É compensador observar as crianças a sujarem-se com terra, a empenharem-se no cultivo e no sucesso das suas culturas, e no valor que dão à colheita dos frutos, e à recompensa do seu trabalho na horta.
Estas atividades são impulsionadoras de outros temas, como a alimentação equilibrada, estilos de vida mais saudável, a higiene oral, a higiene das mãos, e experiências sobre outras formas de vida natural e vegetal e até mesmo uma interação entre as crianças e a equipa da cozinha, envolve também a comunidade envolvente», in, projeto curricular de sala 2011/12, ed Milena Branco  
« Para que os projetos correspondam aos interesse e necessidades das crianças, existem cinco características fundamentais:

  1. Discussão ( pode ocorrer entre todo o grupo, ou apenas entre duas crianças(...) )
  2. Trabalho de campo ( Pode ser considerado qualquer trabalho fora da sala de atividades (... ) ) 
  3. Investigação ( os projetos envolvem sempre algum tipo de investigação. Parte dessa pesquisa  pode ser feita através da experiência direta e de descoberta resultantes da observação ( ...) )
  4. Representação ( Através da representação das suas experiências, conhecimentos prévios, dúvidas e explicações de várias formas, utilizando estratégias diversificadas, as crianças podem preparar pormenorizadamente a informação e o conhecimento que pretendem partilhar. (:::) )
  5. Apresentação ( a sua avaliação pode decorrer à medida que as diferentes informações que vão sendo selecionadas sejam expostas (...) » in, « A abordagem de projeto como metodologia construtora de competência sociais e relacionais», de Santos, Henrique, 2010
O Sítio da educação é, cada vez mais, um local para pensar nas nossas práticas pedagógicas, no que fazemos e porque o fazemos. Nada no contexto das nossas salas, deve acontecer por acaso, tudo deve ter uma razão e uma metodologia.
Partilhem connosco a vossa metodologia e a forma como «pensam» a vossa atividade pedagógica, enviem as vossa propostas para o nosso mail, sitiodaeducacao@gmail,com ou para a nossa página do facebook.
Bom trabalho, boas partilhas!
Milena Branco

A génese de um projeto em linguagem de educador e da criança A génese de um projeto em linguagem de educador e da criança Reviewed by Milena Branco on segunda-feira, fevereiro 24, 2014 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.