O exterior também é espaço educativo

 Durante os tempos de adptação é muito importante conhecer e sentir-se seguro em todos os espaços da escola, assim fomos explorar o recreio, os aparelhos e as suas potencialidades.
Descobrimos que é tão divertido e tão promotor de novas explorações, tem túneis, molas, escorregas, redes de percursos, labirintos e uma casinha com uma janela que abre e fecha!!!
É importante que todos os espaços da creche sejam organizados, tenham intencionalidade e favoreçam a autonomia, a exploração motora, a comunicação /linguagem e claro as competências sociais a quando do  seu uso e durante as brincadeiras que aí possam ter lugar.
É importante que esses espaços promovam a autonomia, estando ao alcance de todos os seus utilizadores, de forma a que o seu uso e exploração possam ocorrer sem a intervenção direta do adulto, promovendo na criança a confiança, estimulando a sua auto estima e reconhecimento das suas capacidades motoras. Imaginem isto, tenho uma criança que não tem adquirida a marcha e no uso de um escorrega descobre que consegue subir e descer sem ajuda, logo quem sabe se não reune a confiança necessária para dar os primeiros passos em breve??
Ao explorar o espaço a criança sente a necessidade de procurar o outro para brincar. A competência social está presente desde muito cedo e rapidamente, surge a cumplicidade e até a rivalidade e egocentrismo, nas crianças mais pequenas. O espaço exterior pode ser um óptimo potencializador do inicio da relação e sentido de grupo.

As brincadeiras no recreio promovem a exploração e conhecimentos de outros recursos naturais, como folhas, galhos, pedras, luz solar, sombras...

Não podemos esquecer que estes momentos podem ser enriquecidos pelo uso de outros elementos, como bolas, arcos, fitas,...e se houver uma caixa de areia será perfeito!!!

As ideias estão anotadas e na próxima semana usaremos algumas!!
Boas explorações !
Ed. Milena BRanco

Comentários