Escutar No Movimento

 Hoje houve oportunidade para exercitar os nossos movimentos mais amplos.  Foi uma oportunidade para correr, subir, descer, entrar, sair, esconder, encontrar, rir, partilhar, lidar com a frustração... Foi tudo isto e muito,  muito mais... 
Foi uma oportunidade para viver os afetos,  a relação entre si e com os outros. 

Uma oportunidade para nos envolvemos neste brincar,  lado a lado, ou, com espaço para quem deseja observar, ou até nem participar. 
"A relação ensino -aprendizagem não tem um sentido único.  São diferentes saberes que se estabelecem por relação recíproca e pelos quais se tenta compreender quem é a criança(...). Escutar as crianças ocupa a centralidade desse trabalho pedagógico.  Trata-se de uma escuta recíproca,  por meio do qual se interpretam significados.  Nesse sentido,  o valor atribuído ao diálogo e à atenção a ele dirigida não são um improviso, pois as competências da criança desenvolvem-se e são activadas pela experiência e pela qualidade da interacção" 
Alessandra Sá 
Dias felizes os nossos! 










Comentários